terça-feira, 3 de maio de 2016

Silver Mammoth: O Antigo Ainda Sendo Atual



Apreensivos por tantas coisas novas que surgem em pleno século atual, a aquelas pessoas que nunca deixam de prolificar as sua raízes dentro do Rock, mostrando sinais de que o gênero não mudou nada, continuando atual (como sempre), não deixando de inovar em certas coisas. E para entender que o tradicional Hard Rock setentista, carregando também algumas peças do Classic Rock, eis que surge Silver Mammoth, quarteto paulistano que acaba de lançar “Mindlomania”.

Para quem é fã, principalmente de Deep Purple e Uriah Heep, “Mindlomania” é um prato cheio para o fã que se mantém fiel às influências setentistas. E nele há de tudo o que se possa imaginar em se tratando de pegada clássica dentro do Rock, abrangendo riffs de guitarras pesados, arranjos cristalinos de hammond um trabalho vocal diversificado, transitando também a ambientes psicodélicos, sem deixar de se esquivar de momentos mais viajantes, o que é habitual pra quem teve o prazer de viver aquela época.


A produção, assinada por Marcelo Izzo e Rafael Agostini, e a mixagem/masterização, que ficou a cargo do Hugo “agogô” Silva, traz uma sonoridade limpa e moderna no seu devido ponto. Afinal, os músicos passam o clima ‘ao vivo’ a cada momento do disco, traçando em nossas mentes como era gravar um disco na década de 70, que era justamente dessa forma. A capa enverga tons diversificados, caracterizado pelo charme psicodélico da banda. E mais uma vez o artista João Duarte caprichou com sua habilidade, explicitando o que o quarteto passa através da arte.

Aqui tudo é feito com amor e carinho, havendo a preocupação da banda em presentear os ouvintes, tanto da antiga e nova geração,com músicas acessíveis sem que elas soem forçadas, não precisando de exageros técnicos para mostrar os quão bons e capazes são o Marcelo Izzo (vocal), Marcelo Izzo Jr. (guitarra e backing vocals), Chakal (baixo) e Vinnie Rabello (bateria), não se esquecendo do Rafael Agostino, que fez um trabalho brilhante no Hammond, Moog, Mellatron e Piano. Em suma, a banda fez o disco da maneira que o estilo pede, e “Mindlomania” entra como um dos principais registros atuais de Rock Clássico do Brasil.

Dentre os destaques, começamos logo pela primeira faixa, “Bewitched”, que chega ditando regras com o peso das guitarras e da parte rítmica (prestem atenção na bateria), preenchidas por belas melodias vocais e ótimos arranjos de hammond; a faixa-titulo, “Mindlomania”, é destacada pelas variações vocais, que ora chega lembrar o Dan McCafferty, do Nazareth, na hora que chegam os refrãos vibrantes, que são cadenciados pelo peso das guitarras; “The Time Has Come” vem num andamento mais meio tempo, seguindo uma pegada mais orgânica e intimista, conduzidos por guitarras harmonizadas e pelo ‘feeling’            vindo do hammond.


Pra deixar o clima mais divertido, “Liars” traz o lado Rock ‘n’ Roll do quarteto de forma abrasiva, e apesar de ser simples e direta, traz arranjos inteligíveis e técnicos. E a parte rítmica é surpreendente, principalmente do baixo; no mesmo terreno, “Madman Doc” reserva momentos de pura festa já numa pega mais clássica do Rock ‘n’ Roll, sendo perfeita pra tocar em qualquer ‘baile’. E o trabalho de piano deixou a música ainda mais cintilante.

Após um instrumental cheio de psicodelismo com a “The Gave, The Hole, The Escape”, “Sadness” arrasta o quarteirão com riffs robustos, não deixando sumir o esmorecer das melodias. Os arranjos vocais se sobressaem novamente, e intercalam o mais melódico ao agressivo; “Shining Star” é uma balada atmosférica, bem no estilo Black Sabbath, tendo somente melodias acústicas e instrumentos de percussão como base; “Wild Wolf” mostra um inicio gracioso, mas que depois cresce com os riffs ganchudos, que vão progredindo durante a parte rítmica; “Shock Therapy” aborda passagens diversificadas, tanto que é a faixa mais longa do disco, existindo um dinamismo cheio de classe dos músicos, que mais uma vez capricharam nos arranjos de guitarra e teclado.

Durante esses 4 anos de atividades, o Silver Mammoth crava, de vez, o seu nome na história do Hard Rock e Classic Rock nacional, tendo muita lenha pra queimar lançando ótimos discos no futuro.

Texto: Gabriel Arruda
Edição/Revisão: Carlos Garcia
Fotos: Divulgação

Ficha Técnica
Banda: Silver Mammoth
Álbum: Mindlomania
Ano: 2015
Estilo: Hard Rock/Classic Rock
Gravadora: Ms Metal Records/Voice Music
Assessoria: Ms Metal Agency



Formação
Marcelo Izzo (vocal)
Marcelo Izzo Jr. (guitarra)
Chakal (baixo)
Vinnie Rabello (bateria)

Track-List
01. Bewitched
02. Mindlomania
03. The Time Has Come
04. Liars
05. MadmanDoc
06. The Cave, The Hole, The Escape
07. Sadness
08. Shining Star
09. Wild Wolf
10. ShockTherapy

Contatos


Um comentário:

Unknown disse...

Thanks so Much!M.I