segunda-feira, 29 de outubro de 2018

Memoriam: fazendo a alegria dos fã do estilo



Com time de músicos cascudo, o Memoriam chega em 2018 com segundo disco e mantem sua proposta extrema com a veia old school latente. Despejando aquele Death Metal empolgante e ríspido praticado nos anos 90.

Para quem ainda não conhece o grupo, temos em suas lacunas ex-integranges de bandas do calibre de: BOLT THROWER, NAPALM DEATH, CEREBRAL FIX e BENEDICTION. Tens dúvida ainda da qualidade que encontrarás em “The Silente Vigil”?

Ainda que a sonoridade permeie para o lado old school, temos composições que não soam datadas, mas também não há novidades, é Death Metal tocado por quem entende do assunto com bons flertes com momentos mais atuais.

A produção sonora é bem lapidada e soa bruta, sem exageros modernosos, tendo clareza e peso. A arte casa muito bem com a sonoridade com traços e detalhes instigantes.

O Memoriam faz a alegria dos fãs do estilo, e mantém levantada a bandeira do Death Metal old school.


Resenha por: Renato Justin

Links:
Selo: Nuclear Blast/Shinigami Records
Adquira o álbum na Shinigami Records

Formação:
Karl Willetts - Vocais
Scott Fairfax - Guitarras
Frank Healy - Baixo
Andrew Whale - Bateria

Tracklist:
1. Soulless Parasite
2. Nothing Remains
3. From the Flames
4. The Silent Vigil
5. Bleed the Same
6. As Bridges Burn
7. The New Dark Ages
8. No Known Grave
9. Weaponised Fear
10. Dronestrike V3