segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Dreamtide: Os sonhadores do Hard Rock



Direto da Alemanha, uma das mecas do Heavy Metal/Hard Rock, que revelou inúmeras Bandas, trazemos aos leitores entrevista exclusiva com o vocalista Olaf Senkbeil, desta fantástica banda DREAMTIDE, formado por integrantes do, não menos fantástico FAIR WARNING, quando esta deu uma parada nas atividades.

Idealizada pelo guitarrista Helge, a Banda teve uma enorme repercussão, especialmente no japão e entre os fãs de Hard e Melodic Rock, e, seguindo uma linha similar ao Fair Warning, porém, abrindo mais o leque de inspirações, com mais liberdade, ou seja, você encontra um Hard cheio de melodias, refrões ganchudos, de repente se depara também com riffs mais pesados, ritmos indianos e outras surpresas, além da grande "descoberta" de Helge, que foi o vocalista Olaf, que deu o toque final à música do Dreamtide, com seus vocais cheios de feeling. Cito aqui um comentário de um jornalista inglês, que disse que o Dreamtide é uma Banda para quem gosta de música! Ou seja, o reconhecimento pela qualidade dos caras!

Abaixo, entrevista com o vocalista, que nos fala sobre sua carreira, os trabalhos da Banda, comentários sobre o último trabalho de estúdio e outros assuntos, onde podemos ver também, que no primeiro mundo, as Bandas encontram problemas similares aos do nosso País. Com a palavra: Olaf Senkbeil!

RtM: Bom, sobre o novo CD, como qualquer fã, eu me pergunto por que houve um espaço de tempo tão grande entre Dreams For The Daring e Dream and Deliver? O fato do retorno de Fair Warning atrapalhou um pouco?

Olaf: Bem, demorou um pouco, e a razão, foi que todos nós temos que fazer algumas outras coisas, às vezes. Mas na verdade isso não depende de tempo, mas do resultado e se estamos todos felizes com isso. 
Talvez o próximo álbum demore 10 anos!! (risos) Vale a pena a espera, se é música que tem longevidade.
Helge, Thorsten e C.C. estavam trabalhando com o Fair Warning, eu e Francis fizemos alguns shows com Uli Jon Roth .. então todos nós fizemos algo com muita diversão.



RtM: E sobre a entrada de Francis Bucholz (ex-Scorpions) na Banda?

Olaf: Eu logicamente já conhecia Francis, porque eu tinha e tenho alguns LPs do Scorpions, e também alguns CD's. Bom, eu fui convidado para cantar com Francis e Uli (Jon Roth, Ex-Guitarrista do Scorpions), e, claro, fiquei muito feliz!
Ele é um companheiro maravilhoso, e um dos maiores baixistas de rock do mundo no meu ponto de vista.

Então, nós conversamos bastante, enquanto fizemos alguns shows com Uli nos EUA e na Europa. Francis disse que gostaria de trabalhar em canções de novo, como ele fez durante tantos anos durante os dias com o Scorpions. Ele estava escutando algumas músicas do Dreamtide ... e eu acho que ele gostou, então ele e Helge entraram em contato muito em breve e então começamos a trabalhar .... e todos nós gostamos muito, e ele acabou entrando na Banda.

RtM: Gostaria que você comentasse o título do álbum (Dream and Deliver), o que significava para a banda, e falar-nos sobre a minha música favorita, “Download a Dream”.

Olaf: Ah, de fato, seria melhor você perguntar ao Helge, se você quer ter uma resposta precisa, porque ele é o “master brain”, hehehe, mas claro que eu tenho a minha própria interpretação.
Não há dúvida sobre a palavra "sonho", todos nós temos ou deveríamos ter. É necessário ter sonhos, é uma das coisas mais importantes para os seres humanos.

Então, Martin Luther King disse: "Eu tenho um sonho" .... E o que ele quis expressar era que ele teve uma visão positiva do futuro ... como Gandhi ... e também como Jesus e Maomé .. Buda e assim por diante e assim por diante ... todos eles acreditavam nas coisas boas ...

Então todos eles têm uma visão de uma maneira ... Mas o que poderia ser melhor do que um sonho? - Sim, para fazer um sonho se tornar real .... Portanto, estamos tentando entregar uma parte de nossos sonhos em todo o mundo ... para fazer as pessoas sentir ... se emocionar ... porque as emoções não dependem da nacionalidade, cor da sua pele, sua religião, nada .. todos nós temos emoções ... é isso que somos, ou tentamos passar.

Se nós estamos falando sobre a música "Download a Dream", eu estou sorrindo um pouco, porque quando Helge mostrou-me pela primeira vez eu disse a ele .. Helge... Helge... Helge! (risos) Eu sei que é difícil para os músicos sobreviverem por causa da cultura do download em nossos dias, por vezes, mas na verdade não é culpa das pessoas. Ele concordou e trocamos algumas palavras, porque você também pode entender como uma oferta nossa ... "venha e faça o download de um sonho"...e sonhe junto conosco!

Se quisermos falar de um outro sentido da música ... ela também poderia dizer algo sobre o mundo ... e do valor da humanidade ... Todos nós queremos ter a roupa legal, um iPod, um laptop ... mas nós não queremos pagar muito ... Assim, muitas pessoas têm de trabalhar em condições muito, muito ruins .. na China por exemplo ... - é apenas uma opinião, mas é claro que eu sei que eu também sou culpado ... usando um laptop e tal...



RtM: E sobre o tema "sonho"? É amplamente utilizado por vocês, seja no nome da Banda, e nos títulos dos álbuns (Dream and Deliever, Dreams for the Daring) e também canções (Download a Dream, Dream Real ...). Sem falar que nas capa sempre aparece a imagem de um Dream Catcher. Tem um significado especial?

Olaf: Como eu disse antes, os sonhos são uma grande parte do ser e do sentimento humano. Eu gosto do muito do tema, porque eu sou um pouco melancólico às vezes ... sempre sentindo um desejo por um mundo melhor e tal .. procurando “o momento” da vida ..
O Apanhador de Sonhos é um presente do nativo americano, que tenta pegar os bons sonhos para você, assim você vai dormir seguro e calmo ... - o sono é um momento onde você está muito vulnerável e o apanhador vai matê-lo seguro durante a noite.


RtM: Sim! Sonhar é preciso! (risos). Agora nos conte um pouco mais como é o processo de composição na Banda?

Olaf: Helge é o cérebro, arranjando e compondo a maioria das coisas. E de uma forma beeem legal. Ele mostra suas composições e trabalhamos nelas.
Isso não significa que ele não está aberto a outras composições. Ele espera por elas .. Mas por saber o quanto trabalho ele tem e o tempo que gasta, eu gosto que ele seja o compositor, porque assim, com todo seu talento, ele garante um pouco de grana para nós! (hehehe)

Uma vez eu apenas perguntei-lhe a respeito de colocar uma música que eu tinha composto, e ele imediatamente disse: "Sim, nós vamos fazê-lo." Era uma canção muito muito especial para mim .. a música "Help Me" , que fala de como me senti ao perder a minha mãe .. o sentido da vida e assim por diante ...


RtM: A banda sempre mostra muita variedade nas canções, surpreendendo as vezes com diferentes ritmos, fortes refrões e sua voz é um diferencial importante! Na sua opinião, em quais pontos a banda é realmente diferente das outras, e qual o "segredo" por trás a fórmula do Dreamtide?

Olaf: Bem .. Não é fácil dizer, mas .. Eu só posso responder por mim mesmo. Eu não sei se estamos pensando em ser diferentes de outras bandas .. Existem muitas bandas boas por aí .. Então apenas tentamos fazer isso da maneira que queremos ouvir e sentir a música.
A variedade de ritmos e também dos refrões, e assim por diante pertencem à excelente qualidade de Helge, Francis, CC e Thorsten ... estamos apenas tentando criarr e não há fronteiras ...;).

Nós queremos fazer música .. assim podemos , de repente, estar explorando minha voz estilo Bowie, Sting ou ainda clássica, por exemplo ... eu adoro brincar com os sons de vozes .. Então eu até cantei em um estilo bem americano uma vez - se você se lembra.
A variação é algo que vale a pena .... Comer todos os dias a mesma coisa ou ver a mesma imagem, e também ouvir o mesmo estilo, faz a vida ficar chata.



 RtM: E as expectativas para o futuro? Como é a recepção e onde a banda tem mais fãs?

Você deve perguntar aos fãs. Só podemos fazer e ofertar a nossa música - com a esperança de encontar amigos pelo mundo!


RtM: E sobre shows? Como são os convites para tocar ao vivo?

Olaf: Na verdade não há shows planejados porque Helge está produzindo o próximo álbum do Fair Warning, por isso não existe tempo para entrar no palco.
Talvez encontremos tempo no momento em que as pessoas queiram nos ouvir ao vivo. Mas o tempo vai dizer .. cedo ou tarde irá dizer;).

RtM: A banda já tem planos para um DVD oficial?

Olaf: Na verdade não. Não há nenhuma razão para um DVD. Não faria sentido se você não está oferecendo alguns shows ao vivo ou um filme ou algo assim.

RtM: Gostaria de falar um pouco de suas influências como vocalista e como começar a cantar. Sua voz é excepcional! Conte-nos um pouco sobre a pessoa Olaf e sobre seus outros trabalhos musicais.

Olaf: Excepcional? Não, não é .. Estou apenas cantando, nada mais e nada menos.
Comecei a cantar quando tinha 11 anos ... Eu cantava músicas dos Beatles e assim por diante ... melodias se tornaram minhas amigas ... e eu acho que comecei a cantar em um coral da escola ... mas o professor não era um cara muito legal, assim eu parei depois do primeiro concerto.

Depois tive problemas na escola, não por causa de cantar, porque eu não gostava de estar na escola (!) então eu tive alguns altos e baixos lá.
Mas experiência em uma banda foi em uma da escola, nada demais.


Depois cantei em algumas bandas, eu gostei muito. Ser membro de uma banda é um pouco como um time de futebol. Amigos que trabalham juntos em alguma coisa, e o resultado é o aplauso ... uma experiência agradável.

Cantei um pouco de blues e rock com Jack Hammer, mas nunca chegamos a um acordo e por isso as gravações foram perdidas. Outro projeto foi "morphshop" - você pode ouvir o CD inteiro de graça! http://www.morphshop.com

RtM: Lembro que você também fez backing vocais para várias bandas.

Olaf: Eu fiz um monte de coisas diferentes, fiz backings para Blind Guardian, Helloween, Hammefall e em outros CD's ...
Então eu cantei muitos outros estilos musicais, até que Helge me encontrou e começamos a nos divertir juntos em 2001. - ... E eu acho que nós encontramos um ao outro, porque estamos pensando a mesma coisa em algunsmomentos ... - a música é emoção ... então cada emoção que eu estou reproduzindo enquanto estou cantando é verdadeira... quando eu canto uma canção feliz eu sou feliz, quando eu canto sobre o sofrimento, eu estou sofrendo, e assim por diante ... tudo é real.

RtM: Quais suas bandas favoritas e novas bandas que têm chamado sua atenção?

Olaf: Por isso que eu estou fazendo muita música .. Eu tenho que me desculpar que não estou ouvindo muita música no momento, ou que eu estou ouvindo diferentes estilos.

Então eu só posso te dizer que eu gosto de ouvir um CD de um amigo meu que é chamado de "step by step" de Doc Dee .. o produtor é um amigo meu, Koehler Rolf (a voz do Blue System and systems in blue - Disco: D), que também era um amigo (ele morreu no ano passado), cantou algumas músicas.
Rolf e eu cantamos juntos em um monte de outras bandas...

Se você perguntasse sobre canções importantes para mim atualmente, eu poderia citar “I once was there” Steve Sallas, “Triangle Fire” The Brandoes, “Crawling back to you” Tom Petty, “look behind the mirror” Jacks Hammer.


RtM: É verdade que algumas pessoas têm sugerido que a banda mudou o sentido musical? O que você acha de bandas que mudam seu estilo para fins comerciais ou por pressão da gravadora?

Olaf: Eu não acho que a banda mudou a sua direção musical, mas é claro que não estamos parados, estamos a progredir (assim espero!). A variação, de algum modo, é o tempero da vida.
Se estamos a falar de fins comerciais, eu não quero julgar os outros.
Para mim o Dreamtide é música.... E só na segunda forma de dinheiro. Estou ganhando a minha vida com outras coisas...

É claro que eu ficaria feliz se eu fosse capaz de me concentrar no Dreamtide, mas atualmente não tem jeito.
Mas por outro lado esta é uma boa coisa se sentir livre em decisões. Se você não é forçado pela necessidade de ganhar dinheiro, você é livre para decidir o que fazer. Portanto, estamos livres no Dreamtide para fazer o que queremos fazer como banda.


RtM: Olaf, obrigado por dispor o seu tempo para nos responder esta entrevista! Tudo de bom! Gostaria que enviasse sua mensagem para os fãs brasileiros!

Olaf: Bem, o que devo dizer... a todos que encontrarem tempo para ler, digo muito obrigado pelo seu tempo. Talvez um dia haverá uma chance de subir ao palco no Brasil.
Eu espero que vocês gostem do nosso trabalho, e também estou esperando que ele seja tão importante, em uma maneira emocional que você também vai amar ouvir "Dream and Deliver" em 2018.

Keep on rockin and keep on dreaming!






Por: Carlos Garcia
Fotos: Divulgação



DISCOGRAFIA:
Here comes the Flood(2001)
Dreams for the daring(2003)
Dream and deliever(2008)

Formação:
Helke-Guitarra
Olaf-Vocais
Francis-Baixo
C C Behrens-Bateria
Torsten-Teclados



APOIE A MÚSICA! VÁ AOS SHOWS, COMPRE A CAMISETA, COMPRE OS CDS!

SITE DO DREAMTIDE

SITE DO FAIR WARNING

OUÇA OS CDS





10 comentários:

william disse...

esse Dreamtide é uma pérola.Parabéns ao pessoal do blog.cada vez melhor.

tacy disse...

gente...que banda interessante.adorei a entrevista e a música.obrigada ao blog pelas novidades e excelentes matérias!

JAMES HORNE disse...

muuuuito boa a entrevista com o Dreamtide.mostra q os caras são músicos mesmo...que pensam e vivem isso.. o trecho q o vocalista, o Olaf não é? fala sobre sua maneira de cantar: " .. - a música é emoção ... então cada emoção que eu estou reproduzindo enquanto estou cantando é verdadeira... quando eu canto uma canção feliz Eu sou feliz, quando eu canto sobre o sofrimento, eu estou sofrendo, e assim por diante ... tudo é real" achei o máximo isso..

Cris Jones disse...

Já conhecia a banda gastei os cds escutando, tomara q o proximo disco nao demora 5 anos pra sair.
deviam trabalhar mais nos projetos do Dreamtide doq nos do Fair Warning.

Raphael Ricci disse...

Não conhecia a banda, mas escutando o seu albúm curti bastante.
Valeu Eduardo, sempre disponobilizanda otimas bandas para a galera

Eduardo Cadore disse...

Vlw galera!

Um grande "achado" essa banda. Grandes músicos e bela música. Blog ultrapassando fronteiras. Quero só reiterar aí que a entrevista e postagem é mérito do Caco, um dos caras que mais conhecem de música neste país!

Parabéns a todos! Grande dia pro blog!

Eduardo Cadore disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Caco Garcia disse...

Obrigado a galera pelos comentários e ao Eduardo, companheiro de blog, pelos elogios! Cris Jones.. eu também acho que o dreantide devia ser o projeto principal do Helke.Procurei fazer essa matéria com o DREAMTIDE porque é uma grande Banda que merece ser mais conhecida!Aguardem sempre novidades no Blog!!Keep on Metal!!!

antônio sereno disse...

Esse Dreamtide é ótimo.quem gosta de Hard Rock e música não pode deixar de ouvir.acompanho a banda desde o primeiro cd.valeu pessoal do blog!!!

carlos colle disse...

Sou alucinado pelo Dreamtide, pra mim é a melhor banda dos ultimos 30 anos, os solos do Helge são inspiradíssimos. pena que é muito pouco conhecida.