segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Ijuí, 30/10/2010: Soulspell, Tierramystica e Save Our Souls em noite para lembrar

Em mais uma iniciativa da produção do Nightfall In South, de Ijuí, digna das melhores notas, a região pode receber mais um grande evento voltado ao público metálico, tão carente desse tipo de acontecimento. Sim, é duro ter que ir a Porto Alegre ou Curitiba, no meio da semana geralmente, tem gente que até já perdeu emprego pra poder ver Show! Vale tudo pela paixão que corre nas veias, chamada Heavy Metal.
Bom, sexta feira, 30 de outubro, aniversário da Débora (da Nightfall), véspera do segundo turno das eleições presidenciáveis (este que vos escreve estava convocado a prestar serviço à Pátria) e véspera do dia das bruxas! Viram que data interessante!?Fácil de lembrar o dia, com tantas referências, mas mesmo sem referência alguma, a data foi inesquecível.


Bom, juntamos a trupe Road To Metal, Eu e Eduardo Cadore (que havia sofrido um acidente de bicicleta!!!??? e teve que ir de muletas no show, mas perder é que não ia!), Eduardo Garcia, Cristiano, Paim, Vene e Gustavo, mais um grupo de amigos, guiados pelo nosso caro Jesus (Diego Pinto, Guitarrista da X-Factor e do projeto meu e do nosso amigo Mauriel), seguimos de Van de São Luiz até Ijuí, local do show, onde encontraríamos o resto da trupe (Mauriel e Bedengo), ouvindo o CD do Soulspell e degustando umas geladas! Ready to Rock!!
Vale lembrar que nosso Brother Bedengo, na fila de entrada cometeu uma de suas famosas gafes (se ele não vai aos shows, perde metade da graça!!heheh), confundindo Mário Linhares com Gui Antonioli. Mas o Linhares soube driblar com elegância a situação!!hehehe!

Falando do que interessa, os Shows, saldo foi muito positivo, e apesar de alguns problemas com o som, o público, que poderia ter sido maior (depois o pessoal reclama que não tem nenhum show perto, depois fica gastando grana pra ir ver o Green Day!!!!), os presentes puderam presenciar um evento maravilhoso, que contou com a abertura do S.O.S. de Canoas, o Tierramystica, de Porto Alegre, que a região já tinha podido conferir dia 02 de abril deste ano, abrindo pro Hangar e o maravilhoso projeto Soulspell, do baterista Heleno Vale, que com esse segundo trabalho, "Labyrinth of Truths", chegou em outro patamar, trazendo em seu line-up feras consagradas e revelações do Metal Brazuca.
A caçula do evento, Save Our Souls, abriu o evento mostrando já uma boa segurança, apesar do pouco tempo de estrada, tendo uma boa resposta do público, com seu Gothic Metal, com toques Prog.

Mostrando composições próprias e algumas surpresas nos covers, já que, pelo estilo seguido e por ter um vocal feminino, muitos esperavam covers tipo Nightwish ou Epica, a Banda mandou "Walk" do Pantera e "Seek And Destroy", do Metallica, convidando todos a bater cabeça.
Estão no caminho certo, é seguir trabalhando porque as coisas já estão acontecendo para a Banda. Comentários gerais do público foram positivos, somente ressalvas quanto às composições próprias, intercalar músicas mais rápidas, para o pique do público não cair.
Após um intervalo um pouco longo para troca de equipamentos e alguns ajustes, o Tierramystica sobe ao palco, e o público já era maior, e já se aglomerou rapidamente mais perto do palco.
Com seu Metal recheado por influências da música Andina, a Banda entrou quebrando tudo e levantando o público presente.
Com excelente presença de palco, grandes músicos e composições bem trabalhadas, algumas já conhecidas da galera, a Banda demonstrou mais uma vez porque vem despertando muita atenção e fazendo grandes shows, inclusive abrindo para Epica e Scorpions.


A Banda está entrosada e não deixa o público esfriar. Gui Antonioli é o vocalista certo para a Banda, e, ao lado de Ricardo Chileno, a toda hora desafiam o público a participar.
Destaques para "New Eldorado", cantada por quase todo o público (alguns só o refrão, e o resto no "enrolation" , né Mauriel, mas tá valendo! heheeh), "Winds of Hope", bela balada, e também teve espaço para os covers "Fear of The Dark", do Iron e "Sign of the Cross", Avantasia, que também fizeram a galera cantar a plenos pulmões!



Mais uma vez Ijuí e região puderam conferir a mistura inteligente e talentosa que a banda faz, trazendo à tona uma sonoridade com personalidade!
Porrada mesmo, alto nível. Parabéns mais uma vez ao Fabiano, Chileno, Alex, Rafael, Luciano, Duca e Gui, músicos de talento que ainda nos trarão muito mais alegria, boa música e orgulho.



Putz, o Gui estava soltando fogo pela mão!!



Trocando
uma idéia!

Após, mais um intervalo para ajuste dos som, para que subisse ao palco a atração principal, o Soulspell, e os Bangers puderam aproveitar pra tomar fôlego, matar a sede, comprar algum merchandising e tirar fotos e autografar seus CDs com os integrantes das Bandas, inclusive o pessoal do Soulspell, que já estava por ali.
A demora foi um pouco maior para ajustar o som, bom, afinal, pela quantidade de vozes que teríamos em ação no palco, mais os instrumentos, toda demora era compreensível, para deixar o som o melhor possível, já que este vinha apresentando problemas desde o início.
Durante os ajustes, podia-se perceber o bom astral dos músicos, que ajustavam o som e trocavam algumas palavras em espanhol.



Daísa, uma das belas entre as feras, esbanjando talento,simpatia e  presença de palco!

Chegada a hora: teríamos no palco o grandioso projeto de Heleno Vale, a primeira Metal Opera produzida inteiramente no Brasil!!! Heleno fez parte de um projeto cover do Avantasia, mas percebi muito das Operas Metal do Savatage no Soulspell. Ponto para Heleno! Avantasia é mais comercial, e o Savatage, assim como o Soulspell, é mais alma!
O espetáculo inicia com "Act II" e "Labyrinth of Truths", com quase todos os participantes subindo ao palco!

Os músicos pareciam que já faziam parte da mesma Banda há tempos (comentei sobre isso com Mário Linhares), tal o bom entrosamento mostrado.
Um espetáculo de arrepiar, onde pudemos ver no mesmo Palco músicos de renome e experiência na cena, como Mário Pastore e Mário Linhares, outros talentos que já tem seu espaço na cena, como Iuri, da Banda Gaúcha Hibria, que está para lançar seu terceiro CD, e novos valores, como a vocalista Daísa Muñhoz, esbanjando simpatia e com um timbre vocal que foge do usual, Manuela Saggioro, na guitarra e vocais, talentosíssima "descoberta" de Heleno para o Soulspell. Não é que a Manuela já correu até a Europa tocando seu violão!!!???
Sem falar na talentosa Banda que acompanha Heleno, Marco Lambert (guitarras), Renato Spiro (baixo) e Gabriel Magioni (teclados).
O show seguia, com os presentes, alguns agitando, outros simplesmente preferindo assistir prestando atenção ao desfile de talentos no palco.
Realmente era demais ver no palco todo o feeling e a alegria de estarem participando desse grande projeto, que os músicos transmitiam, e quem saiu ganhando foi o público. Afinal, não é nada fácil juntar tanta gente boa. Incrível ver Pastore, Linhares, Gui Antonioli, Iuri, Daísa, Jefferson....uma verdadeira celebração ao Metal e à boa Música.




Já na parte final, Mário falou aos presentes a importância do projeto, a dedicação dos músicos, pedindo ao público que ouça o trabalho com o mesmo carinho que eles tiveram ao conceber o projeto e em seguida, para delírio dos fãs, chamou Edu Falaschi ao palco, que foi muito ovacionado e também fez um discurso, criticando as pessoas que deixam de apoiar as Bandas nacionais, que possuem um nível alto, para, muitas vezes pagar caro para ver uma Banda de qualidade inferior só porque é de fora.
Discursos a parte, Edu dividiu o palco com os demais, com grande desenvoltura, mostrando porque é um dos mais queridos músicos do Metal atual, e, apesar de sofrer algumas críticas quanto aos seus vocais ao vivo, é um cara que alcançou muitas coisas para a cena brasileira.
Com um show cheio de pontos altos a destacar, vou citar alguns, como a bela canção "Adrift", interpretada por Mário e Daísa, com direito a "teatrinho" e tudo, "Amon's Fountain", minha preferida do CD e o final, com "Can I Play With Madness", com todo mundo no palco!!


No final, os artistas receberam merecidos empolgados aplausos do público, e após, atenderam a todos que os procuravam para fotos e autógrafos(lembrando que já era domingo e a noite o Soulspell ia se apresentar em Porto Alegre).



Linhares avalizou:Essa menina canta!



Quem não foi, perdeu um grande evento, um projeto que reuniu todo esse pessoal, com a qualidade das músicas, não pode se perder de jeito nenhum!!Feliz de quem foi, muito feliz!!!
Tivemos que viajar alguns poucos Kms de volta pra casa, não dormi, só deu tempo de tomar um banho e partir para cumprir meu dever cívico como segundo mesário, mas nada de cansaço, só a felicidade de ter presenciado um grande show!

Caco Garcia




O palco ficou pequeno para tanto talento!





Review do Show em Porto

SITE OFICIAL SOULSPELL


MYSPACE TIERRAMYSTICA

MYSPACE SAVE OUR SOULS

4 comentários:

antônio sereno disse...

é!foi mt bom Soulspell e Tierra

Cris Jones disse...

Pude curtir esse show em POA, Soulspell realmente é uma das melhor bandas brasileiras da atualidade.

StormRider disse...

Realmente o Brasil ainda tem muito para mostrar... Soulspell é um exemplo puro disso!!!

metalman disse...

Soulspell, reunião de mestres e jovens talentos+_grandes composições= Orgulho nacional! longa vida Soulspell.parabén ao Heleno pela idealização