sábado, 2 de julho de 2011

"Na Luz da Conquista" do Astaroth, já está com a versão em CD disponível!

Os caras, atualmente.

Partindo da iniciativa da Dr. Rock, na figura de Paulo Andrade, que o projeto de relançar em CD um trabalho de suma importância no Metal Brasileiro, e com um significado muito especial para os Gaúchos, já que o álbum "Na Luz da Conquista"! foi o primeiro registro oficial de Metal no RS, começou a se tornar realidade, e agora chega ás mãos dos fãs e novas gerações que não tinham tido a oportunidade de ter o trabalho em mãos.(Veja aqui matéria do Road falando sobre a Banda)

Capa, contra-capa e a bolachinha
Os próprios músicos contam que sempre eram indagados a respeito da Banda, se eles estavam envolvidos em outros projetos, se existia versão do trabalho em CD...Até que a Dr. Rock resolveu colocar em prática a idéia do relançamento.Afinal, alguns trabalhos do Metal brasileiro dos anos 80 foram relançados, como as coletâneas SP Metal, Centúrias(Última Noite) e Harppia, e o Astaroth, que fez parte daquela época maravilhosa, em que a garra e o amor ao Metal superavam as dificuldades técnicas, financeiras e sociais da época, produzindo trabalhos definitivos e de grande valor, merecia esse relançamento.

Os caras, nos anos 80.
Com produção executiva do Paulo Andrade, Masterização de Alexandre Prokopiuk, no Maria Viola Música Ltda, programação visual de Marcelo Germano, o projeto foi tomando forma, remixando o LP para CD, sendo que a fita Master do registro original de 1986 não existe mais, considerando as circunstâncias, o som ficou muito bom, um verdadeiro presente aos fãs e um tributo aos grandes batalhadores do Astaroth.
Como conta o vocalista Guto, no encarte do lançamento, o registro na época não conseguiu reproduzir fielmente a qualidade da Banda(fato corroborado por muitos fãs, que acompanharam de perto a Banda), devido as dificuldades técnicas e própria inexperiência do músicos em estúdio, e, claro, não tinha nenhum técnico ou produtor especializado em Metal aqui no Brasil. Guto ainda conta que tiveram cerca de 50 horas para gravar, divididas em turnos de 6 horas, e que algumas músicas chegaram a ser gravadas às 6h da manhã!!!! 
Foto da parte interna e encarte do CD
Além das nove faixas originais, o lançamento traz duas faixas inéditas, gravadas em 2010, "A Semente Negra(Parte I)" e "Almas Feridas", ambas muito boas, fazendo que o relançamento se torne ainda mais especial e atrativo, tanto para os antigos fãs, quanto para os que ainda vão conhecer o trabalho.
As faixas trazem as características que marcaram o Astaroth, Metal tradicional, pegada forte, pitadas de Hard Rock e letras bem feitas.Tirando a qualidade de gravação atual, as músicas bônus encaixam-se perfeitamente ao trabalho original, mostrando também, um pouco do que seria a evolução natural do grupo.


Uma viagem no tempo? Sim, até traz essa sensação, mas jamais soa datado!
Corra já atrás do seu exemplar e ouça bem alto o som desses batalhadores e desbravadores do Metal Gaúcho e Brasileiro, bangeando e reverenciando sons como " O Alienado", "Deuses Vencidos", "Mentira aos Ventos", e, para quem ainda não conhece o material, aí está a oportunidade.
Eu tenho o vinil, que guardo com muito cuidado na minha coleção, e já estou com o CD nas mãs, realmente imperdível.
Para adquirir entre em contato com a Dr. Rock (CLIQUE AQUI PARA ACESSAR SITE OFICIAL), que envia para todo o Brasil.
Parabéns e muito obrigado ao Paulo Andrade, Alexandre e todos os envolvidos no projeto.

4 comentários:

LAURO disse...

Astaroth pra sempre.na história do Metal do Sul e do Brasil

cesar disse...

comprei sexta meu cd do Astaroth.ouvi umas 20 vezes este finde.clássico.as 2 inéditas ficaram muito boas

Cris disse...

pra resgatar a história do Metal Brasileiro e Gaudério!!!

Marco Di Martino disse...

Ainda não comprei o meu CD, mas estou esperando algo vindo da mix original (cópia do rolo que acabou ficando em cassete) e não a que foi para o disco... Seria isso?

Abraços

Marco Di Martino
www.spartacus.mus.br